O que te guia


Tenho acompanhado acirradas discussões sobre ética e moral nos fóruns taromânticos online. Questões simples que vão desde pessoas que utilizam nosso amado oráculo como chamariz para engodo; o despreparo de outros por falta de comprometimento; e até sobre o proceder dos nossos comuns por companheiros de prática e/ou estudo - a que simplesmente chamo de caráter.

Definições históricas, filosóficas e jurídicas encabeçam alguns dos fundamentos que tenho lido, acompanhadas de verbetes dos léxicos que cada instância define com peculiar clareza. São apontamentos valiosos discorridos em citações para cada área das ciências humanas.

E na prática? Como é agir com ética e moral? Seria o que é “politicamente correto” nos exercícios A ou B de uma função e profissão dos grupos de A a Z? Normatizando parâmetros de como tenho que ser no proceder e interagir com outrem? Uma via de mão dupla, penso eu.

Começa com nossa própria alma antes de passar pela consciência, para então ser um espelho no coletivo. “Eu tenho o que me dou, recebo o que ofereço, colho o que semeio”. Não esperar ser tratado como trata seus semelhantes. Mas sem dúvida exercer a boa vontade, o desapego, a flexibilidade e a compaixão, principalmente sem autopromoção. E promover a retidão de caráter, sem auto-indulgência. Mas não tema dizer o “não” e menos ainda, o “sim” quando sua alma assim aponta. A franqueza começa com a gente mesmo.

A seguir, antes de fechar este artigo generalizado, repasso um texto de reflexão que retirei da apostila do Seminário de Reiki da Drª Claudete França – ABR, que participei há dez anos:

O MUNDO COMO NOSSO ESPELHO

Se você julgar e criticar a si mesmo, os outros irão julgar e criticar você.
Se você mentir para si mesmo, os outros mentirão para você.
Se você for irresponsável para consigo mesmo, os outros serão irresponsáveis em relação a você.
Se você se censurar, os outros irão censurá-lo.
Se você for violento emocionalmente consigo mesmo, os outros irão violentá-lo emocionalmente e até fisicamente.
Se você não ouvir aos seus sentimentos, ninguém irá ouvi-los.
Se você gostar de si mesmo, os outros gostarão de você.
Se você se respeitar, os outros irão respeitá-lo.
Se você confiar em si mesmo, os outros irão confiar em você.
Se você for honesto com os outros, os outros serão honestos com você.
Se você for delicado e tiver compaixão de si mesmo, os outros irão tratá-lo com delicadeza e compaixão.
Se você se compreender, os outros irão compreendê-lo.
Se você honrar a si mesmo, os outros irão honrá-lo.
Se você estiver satisfeito consigo mesmo, os outros ficarão satisfeitos com você.

Sim, ética antes de tudo é como você se trata, trata seu próximo e o resultado dessa interação. E quanto à moral? Sua conduta ao reagir a tudo que suas ações lhe patrocinam de dentro para fora e de fora para dentro.


E quanto às reações que tens aos estímulos do outro? Assim como seu temperamento é traduzido pelo caráter lhe aferindo honra e hombridade ou ausência e omissão das mesmas ao trafegar pela vida. As pedras de tropeço são formadas pelo ego de cada um, pois caráter não é construído ou moldado pela educação, formação escolar ou religiosa. Nascemos com ele já formatado no pacote do "eu@comigomesmo".

Então como fica?

Caráter pode ser fortalecido e acentuado pelo fluir da experiência no existir. Haverá momentos que valores e princípios mudarão normas e regras de ética e moral, muitas vezes contrariando índole, caráter e temperamento em cada um, surgindo assim o conhecido “mal necessário”. Como se vê nas guerras por exemplo.

Constante mesmo, apenas a inconstância. Seria então previsível O Imprevisível Ser Humano? Como tarólogo & taromante creio que sim, faz quem pode, segue quem quer. Seu caráter se move pelo tipo de ética e moral que você expressa e manifesta? Errar é humano, desumano é a rigidez de não aceitar suas próprias limitações morais e éticas no exercício do teu caráter. E como é larga a cadeira do vitimista de si mesmo.

E você, como tem se tratado?

Comentários

  1. Oi Arierom,

    Como diz o brilhante Antônio Medina Rodrigues em sua apresentação no Café Filosófico, cujo tema é: Agir contra o destino: “O caráter é uma condição humana que consiste de uma estabilidade máxima de certos valores e virtudes. O caráter não se aprende na escola ou na família. O caráter é instintivo, nasce com o sujeito. O caráter tem que estar na pele, na respiração”.
    “A pessoa não pode pensar para ter caráter, senão ela está mentindo“.

    Muito bom o seu texto! Reflete o que anda acontecendo no mundo do Tarô.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada por comentar no Dicas e Utilidades.
    Claro que seu comentário foi postado e o erro de português devidamente corrigido.
    Publico 5 blogs por dia (além de estar construindo um novo site) e alguns desses erros passam batidos.
    Obrigada pela atenção.

    ResponderExcluir
  3. Vera:
    Ainda penso que estamos engatinhando.
    Mesmo com alguns casos isolados (mas constantes), a discussão e avaliação pessoal já faz diferença e se faz sentir em nosso meio.
    Simplificar e aprofundar sem esquecer do ponto comum: O Tarô com comprometimento sério.

    + Beijos.


    Cecília:
    Grato pela visita e o acolhimento.
    Trocas assim são edificantes.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. "Caráter pode ser fortalecido e acentuado pelo fluir da experiência no existir". É um post que gostei bastante e um assunto que as vezes me foge. Andava pensando nisso ainda por entre os dias passados... relembrando o que li em Aurora de Nietsche. É sempre muito bom poder observar várias formas de pensar qto a sí mesmo, e qto ao reflexo que passa pelos dias... fico feliz de poder expandir o campo de conhecimento com auto análises sobre o tema! me fez bem.
    =)

    ResponderExcluir
  5. @Renata;
    que bom quando alguém sai melhor do que entrou!
    Grato pelo prestígio e o comentário! ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Viajante,

sugestões e críticas são bem-vindas.
Concorde ou discorde, jamais ofenda.
Leia antes nossa Política de Comentários.


Deixe registrado aqui o seu melhor!

Ahlan wa Sahlan!!