Para estudar Tarô

Léo Chioda

Alguns viajantes já me perguntam como se estuda essa coisa de Tarô. Recomendo cursos estruturados com profissionais capacitados, troca de idéias com outros estudantes e o autodidatismo, pois foi assim que comecei e segui. E ainda estou caminhando.

A assimilação e o aprendizado do Tarô não são alcançados pelas dimensões do fantástico, com abracadabras arcânicos que “eram usados por antigos iniciados atlantes egípcios, e passados aos hebreus via Moisés, e foram guardados especialmente para você que é uma reencarnação típica de cartomante medieval, assado pela Inquisição...#falasério 

Como não será numa iniciação secreta a custos discretos, que se abrirá o seu canal intuitivo que te conectará via banda larga astral aos registros akáshicos e shazan (!!!) “Habemus Taromantan”! - de brinde ainda um mentor transcendental-multiuso 2.0/Shareware que, feito grilo falante, fofocará a vida do consulente ao teu ouvido por 28 dias gratuitos. (Não segue manual de instrução)

Quevedo

Os únicos dons ou virtudes que creio serem necessários são, de repente, a perseverança, o comprometimento e a paciência. Para que se possa discernir o fato de estar aprendendo um novo alfabeto simbólico, e que é necessário para as horas livres, no silêncio da varanda, planejar os passos a serem dados, as metas e as direções. Como estudar Tarô pelo Tarô!

Sei muito bem o que é sair garimpando sebos e livrarias, enteRnete, saites e blógues, fóruns do gênero... Pirar no mandiopã (é o novo!) entre o mix de cabala com astrologia, hermetismo, psicolokologia e Tarô. Tarô que era o propósito inicial, e deixado foi aos pouco de pano de fundo, em terceiro plano, abandonado pouco tempo mais tarde. Para estudar Tarô, basta estudar Tarô! Hoje a gama de literatura no Brasil já é razoável mesmo! E se quer mesmo ir fundo, procure cursos sinceros.

O que foi citado acima, na brincadeira, pode agregar valores e conhecimentos para vida prática e espiritual, quando encarados dentro de suas abrangências filosóficas e com sobriedade. Ao se aprofundar nos estudos e pesquisas, encontramos nos símbolos do Tarô, por analogia, situações que reportam valores religiosos e significantes expressões do pensamento ocultista ocidental. 

Mas não se assuste! Esoterismo não é religião nem partido político. Nem está algemado a alguma ordem de classe ou sindicato que o represente! Ele é livre, libertário e libertador. É uma experiência individual, dentro de uma determinada coletividade apenas. 

Permita-se para mais tarde, quando entender que além das pontes que podemos realizar entre Tarô e os outros saberes, percebendo os limites de cada um, aprofundar demais estudos. Fique mesmo no Tarô, de início. Não pague por especulações ou promessas de facilidades. Não tarot fast-food! Nem aceite dogmas, faça como com as drogas. #tôfora! Por estar no rebanho, não seja vaquinha de presépio.

Eleja por qual linha ou escola deseja seguir. Se informe nos fóruns virtuais ou com alguém que já está dois ou três passos à frente na Estrada Real. No caso de se auto-iniciar, opte por um autor e suas obras. Alguns têm em sua bibliografia, trabalhos voltados ao iniciante zero-bala. Consuma com moderação e constância. Bons livros não são lidos, são estudados.

Certo que nada impede estudos em paralelo de outros conhecimentos, mas no caso do Tarô, se desejar mesmo algo que venha somar sem causar distúrbios, ou perda de tempo, estude História Medieval, para entender o ambiente onde as primeiras referências das cartas surgiram. Conforme for se sentindo apto, estude Simbologia que será precioso no aprofundamento do entendimento do Tarô. Mesmo assim não vá querer assobiar e chupar cana ao mesmo tempo, vá com calma!

Dê prioridade ao foco didático do autor por você escolhido. Depois de assimilar a direção proposta por este, então procure outro autor. Tenha sempre em mente que neste ramo há livros que podem ser lidos e outros que precisam ser estudados. Tenha à mão, um caderno para anotação, um dicionário da língua portuguesa e um conjunto de Tarô para estudo. Algumas obras de referência geralmente o ofertam. Mas atenção! Escolha para começar um conjunto completo de 78 cartas com iconografia tradicional, se assim for.

Ou adquira um Marselha. Atualmente no comércio deste seguimento, há conjuntos de custo baixo, e qualidade similar a este custo, mas que para estudo podem ser usados di boa. Notaram? Mesmo estudando por conta, tem que haver um mínimo investimento material... Seja moderado com os investimentos também, ser pródigo não significa prodigioso e vice-versa! Cada um tem seu tempo para ir adentrando o Tarô, e os seus símbolos falarem à sua alma. Estude!

Asim estuda a humanidade

Se você está convicto a trilhar o autoconhecimento, de fora para dentro como de dentro para fora, é para você que deixo estas indicações... e faça você a sua senda! Que o Arcano VIIII acenda as lamparinas do teu juízo! Lembre-se do faz quem pode, segue quem quer! E que o Arcano XVII te guarde até nos encontrarmos novamente.

Comentários

  1. Cara,
    Você está escrevendo maravilhas!
    Tenho o grato prazer de me surpreender a cada dia com seus textos.
    Estive lendo os últimos (by the way, grato pela menção, :)) e estou comentando neste.
    Abração no6!

    ResponderExcluir
  2. Rogério:

    Grato! É sempre muito compensador receber o prestígio dos amigos. Conto com seus adendos, conceitos e críticas de toda natureza - pois sei da sinceridade que os permeiam - e agradeço especialmente o carinho dessas valiosas contribuições ao diletante taromante.

    ResponderExcluir
  3. Mt bom Arieron!!! Adorei! bjo grande e sucesso

    ResponderExcluir
  4. Alexsander,
    que satisfação sua visita e comentário!
    Obrigado e um abraço!! :)

    ResponderExcluir
  5. ...e foram guardados especialmente para você que é uma reencarnação típica de cartomante medieval, assado pela Inquisição...
    rsrsrs......adorei.

    É como, os que dizem que lêem tarô somente por intuição, baseado em quê? Em sua vida passada de cartomante?............eheheh.

    Ter cuidado com os cursos que são oferecido. Olha este anuncio.
    CURSO DE TAROT CIGANO (INTUITIVO)
    Tarot Cigano? Intuitivo? Heim?
    Isso non ecxiste.

    Adorei seu senso de humor.Se a gente não rir da Vida, a Vida ri da gente..............ehehe
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Lucia,
    obrigado pelo comentário! Penso que não devemos levar tudo a ferro e fogo na vida, pois como dizem: não sairemos vivos dela...

    Certos marquetíngues precisariam ao menos serem revistos. Quanto ao conteúdo oferecido, cada caso será um caso diferente a ser analisado, com calma para não generalizar.

    Mas intuição é um treco tão diferente do que diz o cartaz do poste... Um beijo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Viajante,

sugestões e críticas são bem-vindas.
Concorde ou discorde, jamais ofenda.
Leia antes nossa Política de Comentários.


Deixe registrado aqui o seu melhor!

Ahlan wa Sahlan!!