A Lua - Expandir

A Lua - Arcano XVIII

Viajante, estamos face a face com o Arcano Maior da pulga atrás da orelha. Que num passado longínquo, era mais temida que A Torre e O Inominável... Pois era um indicativo direto de tudo aquilo que a superstição popular mais temia: os feitiços, as magias e os inimigos ocultos. #meda!

Mas como tudo evolui, A Lua também evoluiu e temos uma linguagem mais contemporânea com outros atributos divinatórios em seu vasto simbolismo. Começando por ser a lâmina do autoconhecimento, o conhecer da essência,  da revolução de valores do expandir na vida pela alma. Ela aponta um momento que se pergunta quem e o que eu sou, que se separa e distingue no aprisco da vida as cabras dos bodes existenciais.

Sua leitura comum para os planos materiais pressagia prosperidade, crescimento, fecundidade, abundância, entre outros. No plano mental, devaneios, engano pessoal e viagens na maionese. No plano sentimental, paixões, sedução, ciúmes, egoísmo e angústia. Em questões espirituais aponta poder mágico, premonição e poder meditativo.

É a carta que representa as forças da magia natural, a Wicca dos nossos dias. Alerta ainda neste plano, que devemos cuidar da nossa mediunidade e que precisamos zelar os aspectos transcendentes com o coração voltado para o bem, pois o Universo conspira favoravelmente para realização dos sonhos terrenos.

Vestida de lua

As velhas cartomantes tinham razão em suas singulares interpretações, pois nos fofoca A Lua que estamos numa fase de poder em  nossas orações e este poder pode ser tanto para o bem como para o mal. Alertaria minha sábia avó materna: cuidado com o que pede, pois poderá ser atendido!  E dependendo do que projetar neste mesmo momento, traçará resultados futuros…

Comentários

  1. A Lua é uma das minhas cartas favoritas...o mistério, a magia, o desconhecido, tudo isso me fascina!

    ResponderExcluir
  2. Caro Arierom,

    Realmente a Lua sempre me deu a sensação de algo mais mágico, mais oculto. tanto que é uma das cartas que tenho tido mais dificuldades em entender. Mas é aquela velha história: qunato mais se convide com algo e mais se conversa com ela, aos poucos vamos descobrinto suas nuances.

    Sua explicação foi bastante esclarecedora.

    ResponderExcluir
  3. Rita,

    é a carta do nosso amadurecimento neste plano(individuação). Se a assimilarmos bem, ficará mais fácil a continuidade da nossa jornada e o transitar entre outros ciclos que virão. Administraremos bem reveses e sucessos. Esta carta é uma mãe!

    ResponderExcluir
  4. Flávio,

    o que percebo das cartas que temos dificuldades iniciais, é o fato de serem as cartas de onde tiraremos os maiores aprendizados. São como o cadinho do alquimista, que a cada dia elabora seu ouro interno com perseverança e constância no labor do aprimoramento íntimo.

    Há vezes que alguma nos assusta... é exatamente o fato de serem assim como espelhos da nossa ignorância, vaidade e orgulho espiritual.
    Eu sei! Não aceitamos de início o que elas querem nos ensinar ou chamar a atenção.

    Mas tudo girará em torno do aprendizado de qualquer forma. A Lua é uma das mais significativas dentro da estrutura do Tarô rumo ao autoconhecimento.

    Fique tranquilo que o este véu, se há, irá cair no devido tempo.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  5. Que Post Fantástico!
    Amigo ARIEROM, os esclarecimentos sobre esta Carta, me deixou surpreso, até porque eu não conhecia, e agora, vejo a importância e o que ela representa principalmente acerca da maturidade e do conhecimento interior.
    Parabéns por mais um excelente post!
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  6. Amigo Lison,

    estas imagens medievais são arcabouços de autoconhecimento ímpar.
    Apesar do uso equivocado de alguns praticantes, da ausência de informações fidedignas para o grande público que colocam o Tarô e seus praticantes na vala comum da superstição e preconceito. Quando não da marginalidade.
    É uma ferramenta de ajuda e aprimoramento pessoal fabulosa.
    O simbolismo desta lâmina é ainda muito mais rica de nuances que meu singelo artigo passa.
    Que LISONjeiro ter o prestígio de sua atenção mais uma vez!

    Obrigado!

    Em tempo: a profissão "Tarólogo" é reconhecida pelo Ministério do Trabalho.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Viajante,

sugestões e críticas são bem-vindas.
Concorde ou discorde, jamais ofenda.
Leia antes nossa Política de Comentários.


Deixe registrado aqui o seu melhor!

Ahlan wa Sahlan!!