Santo padroeiro dos tarólogos

Smoke man light sun
Viajante, a religiosidade popular tem algo de notório nos dias de hoje. Em contraposição as religiões institucionais, ganham de 10 a 0 no quesito tolerância e macro-ecumenismo, pois agregam valores destituídos de dogmas, rancores e preconceitos. Em nosso país há diversas igrejas dedicadas a “santos” não canonizados, que arrebatam turbas e mais turbas de fiéis compadecidos e agradecidos pelas graças alcançadas. Isto sem contar os túmulos de “santas e santos milagreiros”, em menor proporção de fiéis, mas de fervorosos devotos.

Como há santo para tudo e todos, em 2001 o Papa João Paulo II estava considerando nomear Santo Isidoro de Sevilha como o protetor dos usuários de Internet e programadores de computador, segundo fontes do Vaticano. (suas graças também abarcariam os técnicos de manutenção de PCs?) Leia sobre >>

Nós, Tarólogos, hereticamente não podíamos ficar de fora! E temos o nosso canonizado oficiosamente pela devoção popular: São Longuinho! Sou devoto desde menininho!

São LonguinhoSão Longuinho – Santo dos perdidos e achados

A igreja Nossa Senhora da Escada em Guararema - SP possui a única imagem de São Longuinho num altar para devoção no Brasil. Agora, por que  padroeiro dos Tarólogos? Só perguntando ao Velho Sábio Arcano VIIII – O Eremita:
Longuinho é uma versão popular de Longinus, "o soldado que enfiou uma lança no tórax de Jesus (Jo 19:34), fazendo brotar sangue e água". Longinus foi o soldado romano designado para acompanhar a crucificação. Essa rotina de enfiar uma lança no corpo do crucificado tinha a finalidade de certificar-se de que o falecimento já havia ocorrido. Ele reconheceu Jesus como filho de Deus na crucificação (Mt. 27:54, Mc. 15:39 e Lc. 23:47). Depois, Longinus tornou-se cristão, chegando a ser monge da primeira igreja na Capadócia (atual Turquia). Outros pesquisadores acreditam que São Longuinho não tem ligação com Longinus, sendo apenas um santo popular invocado com a finalidade exclusiva de encontrar objetos perdidos. Por isso, não se sabe se ele existiu, mas sua imagem é encontrada até com certa facilidade. Fonte da citação >> 
Muitos associam este santo ao Tarô, dizendo assemelhar-se ao Eremita (personagem do Tarô que representa a sabedoria) por causa da sua caminhada pela Cesárea e Capadócia, tendo-o até como padroeiro dos tarólogos. Mas para a Igreja isso pode ser apontado como algo absurdo, pois o tarô faz parte de tradições ocultas totalmente condenadas pelo catolicismo. No Leste Europeu a festa de São Longuinho é celebrada em 16 de outubro. No Brasil e Espanha a comemoração ocorre em 15 de março.Fonte da citação >>
Semelhança?Arcano VIIII: The Oswald Wirth Tarot Deck - US Games
Qualquer semelhança é mera… ou não

Creio que não exista explicação melhor do que as semelhanças entre a imagem do Santo com a figura do Eremita do Tarô, e com pitadas de devaneio duma alma simbolista, por vezes carente de mitos, um apaixonado tarólogo se permite a tanto. Bons chocolates para todos!

Comentários