Tarôs brasileiros

Brasil

Viajante, você conhece ou possui algum conjunto de Tarô brasileiro? Fora os que acompanham livros de autores nacionais ou revistas? E Tarôs fabricados no Brasil, quais você conhece?

No link do Clube do Tarô, do nosso amigo Constantino Riemma, você poderá apreciar, por ordem cronológica, algumas obras primas brasileiras. Há ainda o Tarô de Moedas, 78 arcanos elaborados num sistema de 42 moedas de prata, produzido pelo artista plástico Luiz Rossini de Ozâmpin Olafajé.

Em 1978, surge um conjunto de 80 cartas com o nome de “O primeiro Tarot Moderno”, de autor desconhecido, distribuído pelo sistema de reembolso postal do Instituto Brasileiro de Artes Divinatória, Rio de Janeiro, que veio a sumir do mercado com pouco menos de um ano. Mais recentemente, a Editora Alfabeto de São Paulo tem publicado alguns conjuntos.

A Copag, empresa brasileira com mais de 100 anos de tradição na fabricação de baralhos lúdicos, tem realizado pesquisa mercadológica junto a alguns Tarólogos e autores de blogs de Tarô, no intuito de lançar um conjunto de Tarô com sua marca prestigiada! Creio que em breve, se confirmando minhas suposições aqui, teremos mais um conjunto de excelente qualidade, para nosso uso e coleção! Eu quero é mais!

Gduayer_TaroMorte

imagem: Duayer

Temos excelentes artistas ilustradores no Brasil que se ocupam, entre outras criações, em desenhar Tarôs muito originais e bonitos. Já tive a oportunidade de ver alguns portfólios, com belas criações, que mereciam ser publicados em forma de cartas para nosso deleite e devaneio... mas, para tanto, parece que a legislação brasileira cria algumas barreiras, na forma de impostos e outras coisinhas mais, que dificultam muito o produto final.

Desde que nossa atividade de Tarólogos/Taromantes foi reconhecida legalmente como profissão pelo Ministério do Trabalho e Emprego, espero que nosso governo facilite a fabricação dessa ferramenta por empresas nacionais. Assim teremos um mercado mais variado e rico em opções, tipicamente tupiniquins.

Artistas, empreendedores e consumidores, não faltam. Faltam melhores condições para a viabilidade econômica e burocrática de tais projetos. Temos total condição de vir a fazer frente ao mercado dos importados quanto ao custo, durabilidade, beleza e variedade.

O que você pensa a respeito? Bom domingo!

Arara



Comentários

  1. Eu sou muito a favor. Acho que boa produção tem de ser incentivada de todas as formas... e por boa produção, falo de bons conceitos, boa arte e, principalmente, impressão bem feita.

    Eu tenho um deck que foi refeito, mas o meu já tem uns 10 anos, do Tarô das Bruxas, da Alémdalenda... tanto o antigo quanto o atual até que são razoáveis em termos de produção... em compensação, quando peguei o Mitológico feito atualmente pela Madras, tive vontade de chorar. O que eu tenho que foi impresso pela editora Siciliano era excelente.

    Quero dizer: o que está acontecendo?

    Pietra

    PS: que graça essa carta da Morte! Já pensou um tarot de folclore brasileiro????

    ResponderExcluir
  2. Pietra,

    precisamos mesmo que estampas assim sejam perpetuadas em conjuntos fabricados no Brasil. Estou torcendo para a Copag lançar mesmo esse Tarô, inaugurando uma nova era de produção com qualidade para o nosso mercado.

    Obrigado pelo comentário e boa semana!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns por sua reflexão.Já está na hora de haver um movimento a favor dessa idéia.A partir do reconhecimento no Brasil da profissão tarólogo,nós todos,amantes dessa arte,também podemos inovar um pouco e abraçar as raízes tropicais. A propósito, possuo um baralho dos 22 arcanos maiores com base nas lendas amazônicas.Chama-se Tarot Amazônico de Suely Cals.Postarei em meu blog.Uma dica boa é plastificar as cartas.Abraços de Luz!

    ResponderExcluir
  4. Tarô é Luz,

    obrigado! O Tarô brasileiro carece de atitudes como esta da Copag, pois certamente outras editoras seguirão o padrão, abrindo espaço para nossos artistas e melhorando a oferta.

    Aguardarei seu artigo sobre o Tarô Amazônico. Boa Semana!

    ResponderExcluir
  5. Boa noite!
    Estou a busca de um baralho de Tarot Egipcio com 80 laminas, sendo a 1 o Mestre e aoutra 29 consultante alguem sabe me dizer se existe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Freedman, se não me engano, havia um conjunto vendido via reembolso postal no final dos anos 70, início dos 80, porém nunca vi... :/

      Excluir

Postar um comentário

Viajante,

sugestões e críticas são bem-vindas.
Concorde ou discorde, jamais ofenda.
Leia antes nossa Política de Comentários.

Não realizamos: interpretações de jogos, combinações de cartas e atendimentos.

Deixe registrado aqui o seu melhor!

Ahlan wa Sahlan!!